Buscar

Um asteroide gigantesco deve se aproximar da Terra sábado (15), mas não há razões para se preocupar.

Um asteroide com tamanho máximo estimado em 990 metros deve passar "muito próximo" à Terra nesse sábado (15). Trata-se do asteroide denomiado 2002 PZ39, descoberto em 2002 em pelo LINEAR (Lincoln Near-Earth Asteroid Research) em Socorro, no Novo México. Esse projeto (LINEAR) é uma colaboração entre a Força Aérea Americana, NASA e o Laboratório Lincoln do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT).


Imagem: NASA



O 2002 PZ39 é um asteroide da classe dos Apollos - asteroides que possuem uma órbita que cruza a órbita terrestre - com período de cerca de 650 dias. Sua maior aproximação se dará às 8 horas da manhã de sábado (15), passando a "apenas" 5,7 milhões de quilômetros da Terra. Essa distância é 15,9 vezes a distância Terra-Lua (365.000 km).


O diagrama da órbita pode ser visto nesse link: https://ssd.jpl.nasa.gov/sbdb.cgi?sstr=163373;old=0;orb=1;cov=0;log=0;cad=0#orb


Um asteróide desse tamanho tem potencial para causar um evento catastrófico em caso de choque com o planeta Terra, mas esse não será o caso - não dessa vez e nem nas próximas (caso a órbita do asteroide não seja perturbada). A próxima passagem será em 04 de Junho de 2027, a uma distância estimada de 49 milhões de quilômetros, 134 vezes a distância Terra-Lua.



Informações do ssd.jpl.nasa.gov

557 visualizações
Mais Soluções - Corretora de Seguros
Mais Soluções - Corretora de Seguros

Conexão Geoclima © 2013 – 2020.

Todos os direitos reservados.