Buscar
  • Bianca Leroiz

ASTRÔNOMOS DESCOBREM GALÁXIA SEMELHANTE COM A VIA LÁCTEA A 12 BILHÕES DE ANOS-LUZ

Atualizado: Ago 14

Uma equipe internacional de astrônomos descobriram uma galáxia semelhante a Via Láctea a uma distância jamais observada. Em formato de um anel iluminado, a galáxia batizada de SPT0418-47 está a mais de 12 bilhões de anos-luz da Terra. Isso significa que a vemos como era o Universo quando tinha apenas 1,4 bilhões de anos. A pesquisa foi publicada nesta quarta-feira (12) na revista Nature.


A imagem da galáxia em questão foi obtida por astrônomos da Alemanha e da Holanda e divulgada pelo Observatório Europeu do Sul (ESO). Os cientistas utilizaram os recursos do ALMA (Atacama Large Millimeter Array), no Chile. De acordo com os cientistas, há duas grandes semelhanças da SPT0418-47 com a Via Láctea: ambas são um disco que gira em torno do próprio eixo e formam uma aglomeração de estrelas bem compacta. A diferença é que a Via Láctea tem braços espirais.

Foto: ALMA (ESO/NAOJ/NRAO), Rizzo et al.

“Esse resultado representa um avanço no campo da formação de galáxias, mostrando que as estruturas que observamos em galáxias espirais próximas em nossa Via Láctea já existiam 12 bilhões de anos atrás”, disse Francesca Rizzo, uma das autoras do estudo, em declaração à imprensa.


De acordo com os astrônomos, no início do universo as galáxias jovens ainda estavam em processo de formação, então, acreditava-se que fossem sem estruturas distintas típica de galáxias mais maduras, como a Via Láctea.

A galáxia em questão está muito distante e observá-la foi um verdadeiro desafio por conta da baixa luminosidade. A equipe superou esse obstáculo usando uma galáxia próxima como uma lente de aumento (lente gravitacional) e assim permitindo que o ALMA detectasse o sistema, usando uma nova técnica de modelagem computacional. Nesse feito, a atração gravitacional distorce e curva a luz da galáxia, fazendo com que ela apareça deformada, mas ampliada.

Reconstrução da forma real aproximada da galáxia (Imagem: ALMA/ESO/NAOJ/NRAO/Rizzo)

“Quando vi a imagem reconstruída da SPT0418-47 pela primeira vez, não pude acreditar: um baú de tesouro estava se abrindo” disse Rizzo.

A galáxia poderá fornecer informações sobre o universo primordial, o que pode levar a uma compreensão melhor sobre como se formou as primeiras galáxias. Apesar da semelhança com a Via Láctea, os astrônomos acreditam que a galáxia recém descoberta evoluirá e deixará de ser semelhante a nossa galáxia. Isso provavelmente já aconteceu, mas não podemos ver sua forma atual já que estamos a 12 bilhões de anos-luz de distância.



Fonte: https://www.eso.org/public/brazil/news/eso2013/?lang


https://www.nature.com/articles/s41586-020-2572-6.epdf?sharing_token=h73IRqJlzn7rlYUczerrl9RgN0jAjWel9jnR3ZoTv0NCy6Ukw4zZWekAqWPjbgTsR1DG_ut_lecHP3CnY_2YTHtSoGD-oGGoMMLlVdG2LtV7t_vSIfgVQv87ys4qoVCk_Gt-WgY4lEgd7VZaL3ADL75v9qOcglDD4LQDovgDttxWT6nhRsCHgoGIAgvw-m7L3C2eGaTzd72xQN1cLk7omK2JV2DZ-Zc-M7754-QsKWx4oUUEBXWIL2jbaZ2RWDslV6A35ocSwPtI_WVGPNWfUJhtQ-b6k7bDo3l6bfqNSyUfnCD9bzUSopKrKuRBpHubJQPS4dG8UczxR9Am85FhGa7ovN4eFSt-mNA7UdWljv8%3D&tracking_referrer=revistagalileu.globo.com

212 visualizações1 comentário
Mais Soluções - Corretora de Seguros
Mais Soluções - Corretora de Seguros

Conexão Geoclima © 2013 – 2020.

Todos os direitos reservados.