Buscar

MAL SE FORMOU E JÁ VAI MORRER. SAIBA O FUTURO DO CICLONE SUBTROPICAL MANI

O ciclone subtropical Mani encontra-se posicionado sobre o oceano Atlântico próximo a costa do Espírito Santo. O sistema possui pressão atmosférica central de 1006 hPa (hectoPascal) e os ventos estão de 60 à 70 km/h em alto mar.

Mani já trouxe acumulados altos de chuva no Espírito Santo e Rio de Janeiro, com valores que se aproximam de 100 mm em menos de 24 horas, de acordo meteorológicas do CEMADEN. No município de Rio Bananal, por exemplo, o volume chegou a 93 mm.


O ciclone Mani terá vida curta. Amanhã mesmo ele já “morre” quase na mesma área onde se formou. O motivo é que com a formação do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) no Sul do Brasil, que deve se deslocar para leste, o cavado (área alongada de baixa pressão) de altos níveis que sustenta ar frio acima do centro de Mani deve também ir pra leste, fazendo com que em superfície o sistema perca força e se torne uma baixa pressão comum em alto mar. Esse cavado é representado pela linha tracejada na cor branca na figura.


673 visualizações0 comentário
Mais Soluções - Corretora de Seguros
Mais Soluções - Corretora de Seguros