Buscar

ALTO VOLUME DE CHUVA E CHANCE DE TEMPO SEVERO

Os principais modelos meteorológicos começam a sinalizar um alto volume de chuva sobre a região Sul do Brasil. Um Cavado (área alongada de baixa pressão) e uma Frente Fria (Sistema Frontal) serão responsável pela chuva volumosa e os possíveis temporais que vem sendo previsto.


O Estado gaúcho deve ser a primeira região que irá receber um volume de chuva "considerável" por causa da Frente Fria, tendo como destaque a região metropolitana de Porto Alegre, Produção, Alto Jacuí, Alto da Serra do Botucaraí, Vale do Taquari, Serra, Vale do Caí, Vale do Rio dos Sinus, Encosta da Serra e Litoral Norte do Estado. Abaixo temos uma imagem do modelo meteorológico ECMWF que mostra o volume de chuva esperado em até 3 dias:

Entre o Paraná e Santa Catarina, o Estado paranaense deve ser o destaque recebendo uma carga alta de chuva em poucos dias, o que requer atenção. As primeiras pancadas de chuva começam na próxima quinta-feira (13), onde há potencial para tempo severo entre o Sul, Sudoeste, Oeste e Noroeste do Estado. Atenção maior de chuva volumosa fica entre os municípios de Guaíra, Toledo, Cascavel, Campina da Lagoa, Umuarama, Campo Mourão, Pitanga, Laranjeiras do Sul, Prudentópolis, Guarapuava, Irati, Ponta Grossa, Castro e cidades próximas. Nestas regiões, o modelo ECMWF projeta em até 4 dias, aproximadamente 160 milímetros de chuva, sendo que em alguns pontos deve chover ainda mais.

Até o dia 19 de agosto, pode chover ainda mais, chegando aos 260 milímetros de chuva no Paraná, em especial nas cidades citadas anteriormente. Nas demais áreas do Estado, pode chegar próximo dos 100 milímetros, incluindo municípios de divisa do Litoral Norte, Planalto Norte, Meio Oeste e Oeste de Santa Catarina, como por exemplo: Garuva, Joinville, Ponte Serra, Xaxim, Xanxerê, Porto União, Canoinhas, Itaiópolis, Mafra, Rio Negrinho, São Bento do Sul, Araquari, São Francisco do Sul e cidades próximas.

Após o dia 19, uma intensa massa de ar polar deve avançar pela região sul do Brasil, provocando um forte declínio das temperaturas. É esperado marcas negativas na serra catarinense e gaúcha com geada ampla. E a neve, Conexão GeoClima? Nenhum modelo projeta a neve na região Sul do Brasil, infelizmente.


NOVAS ATUALIZAÇÕES EM BREVE - AGUARDE


SEJA UM APOIADOR DO CANAL - CONEXÃO GEOCLIMA

2,377 visualizações
Mais Soluções - Corretora de Seguros
Mais Soluções - Corretora de Seguros

Conexão Geoclima © 2013 – 2020.

Todos os direitos reservados.