Buscar

CHUVA VOLUMOSA NESTE SÁBADO - 19/06

A situação se tornou preocupante nas últimas atualizações do modelo meteorológico WRF 5 km, disponibilizado de forma gratuita no site da Sigma Meteorologia. Vários avisos já foram emitidos pela Conexão GeoClima, onde sempre foi solicitado cautela, mas diante do cenário que se desenhou, estamos novamente retificando o nosso aviso, mas agora para chuva volumosa em um curto espaço de tempo, pois 100 a 150 mm dentro de 24 horas pode acarretar em alagamentos, inundações, deslizamentos de terra e outros possíveis problemas.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O centro-leste de Santa Catarina, e o sul, litoral, campos gerais e a região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, estão dentro da área onde é projetado de 50 a 80 mm de chuva, mas a região que segue preocupante é a Grande Florianópolis com até 150 mm, podendo ultrapassar. Não é descartado também temporais isolados.

Chuva acumulada em 48 horas, tendo destaque pontos da Grande Florianópolis com até 150 mm.

É importante mencionar que a natureza não respeita limite entre as regiões, ou seja, a Grande Florianópolis é a localidade com o maior volume de chuva projetado nas próximas horas, porém não quer dizer que o sul do Baixo Vale do Itajaí (Itapema, Camboriú, Balneário Camboriú, Itajaí, Navegantes e Penha) e o norte do Litoral Sul (Laguna e Imbituba), não possam ter acumulados expressivos também.

GIF do modelo meteorológico WRF 5 km. Tempo instável sobre a região Sul do Brasil neste sábado (18/06)

A Defesa Civil de Santa Catarina também segue enviando diversos avisos via SMS. No texto é alertado sobre a chuva volumosa com altos acumulados em um curto espaço de tempo neste sábado (19) e domingo (20).

Outro órgão que segue emitindo vários avisos meteorológicos é a Marinha do Brasil. O último aviso foi publicado nesta manhã de sexta-feira (18), alertando para ventos de força 7 e 8. O órgão usa a Escala de Beaufort para classificar a intensidade dos ventos, tendo em conta a sua velocidade e os efeitos resultantes das ventanias no mar e em terra. A força 7 e 8 tem como designação vento forte (7) e ventania (8), com rajadas de 50 a 74 km/h. No mar é esperado mar revolto com espuma, borrifos e rebentação.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Diante de vários fatores já mencionados, outra preocupação na costa catarinense é a maré alta prevista e divulgada pela Epagri-Ciram. É esperado inundações costeiras (alagamentos) e/ou estreitamento da faixa de areia nas praias devido às ondas de leste (E) com picos de 3,0 a 3,5 m no litoral.


MARÉ ASTRONÔMICA PREVISTA PELA EPAGRI:


VOLUME DE CHUVA ESPERADO POR CIDADE:

  • Araranguá/SC: 40 mm

  • Blumenau/SC: 52 mm

  • Braço do Norte/SC: 84 mm

  • Caçador/SC: 28 mm

  • Campos Novos/SC: 36 mm

  • Canoinhas/SC: 58 mm

  • Chapecó/SC: 26 mm

  • Concórdia/SC: 29 mm

  • Criciúma/SC: 56 mm

  • Curitiba/PR: 79 mm

  • Curitibanos/SC: 34 mm

  • Dionísio Cerqueira/SC: 39 mm

  • Florianópolis/SC: 93 mm

  • Guarapuava/PR: 64 mm

  • Guaratuba/PR: 64 mm

  • Iporã do Oeste/SC: 30 mm

  • Itajaí/SC: 67 mm

  • Jaraguá do Sul/SC: 40 mm

  • Joinville/SC: 47 mm

  • Lages/SC: 36 mm

  • Mondaí/SC: 28 mm

  • Morretes/PR: 79 mm

  • Nova Trento/SC: 50 mm

  • Porto União/SC: 60 mm

  • Rio do Sul/SC: 56 mm

  • São Bento do Sul/SC: 47 mm

  • São Joaquim/SC: 37 mm

  • São José do Cedro/SC: 40 mm

  • São Miguel do Oeste/SC: 32 mm

  • Tijucas do Sul/PR: 68 mm

  • Tubarão/SC: 69 mm

  • Xanxerê/SC: 35 mm

1,934 visualizações2 comentários