Buscar

Chuva de Meteoros no Feriado de Tiradentes

Nesse feriado de Tiradentes (22/04) ocorre o máximo da chuva de meteoros Líridas, sendo essa a mais antiga Chuva de Meteoros, que é datada de 687 a.C. pelos Chineses. Sua atividade ocorre entre os dias 14 e 30 de Abril, com a taxa horária máxima de meteoros ocorrendo na madrugada de 22 de Abril. Especialistas estimam que a chuva dos Líridas deve exibir em torno de 15 a 20 meteoros por hora.


Os meteoros são resultado dos fragmentos do cometa de longo período C/1861 G1 (Thatcher), que leva cerca de 415 anos terrestres para completar uma volta ao redor do Sol - passando pelas vizinhanças da Terra por meados de 2283.


(Imagem: Reprodução/Bob King)

Os cometas são corpos que possuem gelo de água e outros voláteis em sua composição, além de silicatos (que formam as rochas). Quando se aproximam do Sol, esses voláteis acabam sublimando e lançando jatos de gases e rochas, formando uma cauda de detritos. São esses detritos que entram na atmosfera da Terra quando cruzamos o caminho em que o cometa passou.


A chuva de meteoros Líridas tem seu radiante próximo à constelação de Lira, apesar de estar de fato na constelação de Hércules. Para localizar a constelação, basta olhar para Nordeste e, por volta das 0h50 nascerá uma estrela razoavelmente brilhante - Vega. O radiante da chuva de meteoros estará logo acima.

Imagem gerada no Stellarium

Apesar de haver uma posição do radiante de uma chuva de meteoros, os meteoros podem ser observados por TODO o céu. O termo radiante indica que os meteoros parecem estar vindo sempre dessa região, e não necessariamente apareceram nessa região do céu. Portanto, podem ser vistos meteoros dessa chuva antes mesmo de o radiante nascer no céu.

183 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo