Buscar

CHANCE DE TEMPORAIS E CHUVA VOLUMOSA NESTE FINAL DE SEMANA

Instabilidade deve se concentrar entre a Argentina, Uruguai e em regiões de fronteira com o RS no final de semana. No início da próxima semana, instabilidade segue em outras regiões.


Depois de um período de tempo firme na maior parte do RS, conforme a Sigma Meteorologia já antecipava ao longo dos últimos dias, a instabilidade deve voltar a afetar o estado e áreas do Cone Sul a partir deste final de semana. A intensificação do fluxo de ar quente e úmido de origem tropical associado ao Jato de Baixos Níveis (JBN) pelo interior da Argentina, Uruguai e RS, na vanguarda da formação de uma nova frente fria, entre o final desta sexta-feira e ao longo do sábado, deve fortalecer o cavado (área de menor pressão atmosférica em superfície) sobre essas regiões no período. Além disso, a propagação de perturbações no escoamento de médios e altos níveis da atmosfera associados a um Vórtice Ciclônico com lento deslocamento pelo Oceano Pacífico, logo à oeste da Cordilheira dos Andes, deve contribuir para a instabilização da atmosfera.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Desta forma, a Sigma Meteorologia reitera que o cenário meteorológico se deteriora pelo interior da Argentina e em alguns trechos do Uruguai com condição favorável a ocorrência de chuvas torrenciais a volumosas em curto período de tempo acompanhada de descargas elétricas com episódios pontuais de vento forte e precipitação de granizo já a partir da noite de hoje e principalmente ao longo do sábado. No RS, a instabilidade deve chegar a partir do final da manhã e ao longo da tarde/noite de sábado, afetando primeiramente a Fronteira Oeste, Campanha e Metade Sul, com condição para chuva forte a volumosa em trechos dessas regiões e com condição para temporais com vento forte, pontualmente severos e granizo de maneira localizada, em especial em áreas de divisa com o Uruguai e Argentina. Em áreas do interior de SC e do PR, alguns núcleos muito localizados devem se formar entre a tarde e a noite, podendo provocar chuva e temporais isolados.


Com a formação de uma nova frente fria ao longo do sábado e posterior avanço para o Oceano Atlântico pela costa do Sul do Brasil no domingo, as áreas de chuva devem seguir avançando para norte/nordeste, atingindo as demais áreas do centro/norte do RS entre a noite do sábado e principalmente entre a madrugada e manhã do domingo (21/03). A expectativa é que ainda na primeira metade do domingo, as instabilidades também alcancem áreas do oeste de SC e do PR igualmente com condição para chuva acompanhada de trovoadas e temporais isolados. Da tarde para a noite do domingo, as demais áreas de SC e do PR também terão condição para pancadas isoladas de chuva, com condição para temporais muito pontuais.


É um consenso entre os modelos, que o sistema deve atingir de maneira mais organizada a Argentina, Uruguai e áreas de fronteira do RS onde deve provocar chuva em maior volume de maneira mais regular, vindo a se desorganizar posteriormente ao avançar pelo norte do RS e principalmente por SC e PR ao longo do domingo, onde a chuva será mais irregular/isolada e em menor quantidade, apesar da condição pontual para temporais.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Entre segunda e quarta-feira da próxima semana, o avanço da massa de ar frio e seca pós-frontal para o Oceano Atlântico, deve contribuir para o restabelecimento do fluxo de ar quente e úmido mais instável pelo interior do Cone Sul, contribuindo para a formação de um novo cavado e como consequência pelo retorno das instabilidades com condição para chuvas e tempestades localizadas em algumas regiões entre o Uruguai e o Sul do Brasil. Neste período, algumas áreas do Paraná e em especial de Santa Catarina que até então teriam tido menos instabilidade, terão chuva em maior volume e temporais mais recorrentes, como pode ser observado na previsão média dos modelos atualizada hoje (mapa abaixo).

Projeção de refletividade do modelo regional WRF ao longo do sábado e domingo. Os valores acima de 45/50 dBZ indicam risco potencial para temporais.
Previsão média de 95 membros de previsão do tempo para chuva acumulada (mm) entre esse sábado e a manhã da próxima segunda-feira (22/03). Eventos pontuais de instabilidade como temporais, podem acarretar em volumes consideravelmente maiores de maneira localizada do que a média indicada pelas projeções.
Previsão média de 95 membros de previsão do tempo para chuva acumulada (mm) entre esse sábado e a manhã da próxima quinta-feira (25/03). Eventos pontuais de instabilidade como temporais, podem acarretar em volumes consideravelmente maiores de maneira localizada do que a média indicada pelas projeções.

Previsão elaborada pela Sigma Meteorologia


3,040 visualizações0 comentário
Mais Soluções - Corretora de Seguros
Mais Soluções - Corretora de Seguros