Buscar

Asteroide gigante passará 'próximo' da Terra neste fim de semana

A NASA confirmou que neste final de semana o asteroide 2008 GO20 estará em máxima aproximação da Terra, com uma velocidade relativa de 8,2 km/s. Mas calma! Não há risco de colisão.


Batizado de 2008 GO20, a rocha espacial de até 220 metros é conhecida pelos astrônomos há 13 anos. Fazendo uma comparação, o tamanho do asteroide seria equivalente a altura de quase 6 estruturas do Cristo Redentor do Rio de Janeiro (38 metros) e 2,3 Estátuas da Liberdade dos Estados Unidos (93 metros).


A passagem de asteroides e cometas é amplamente monitoradas pelos pesquisadores da NASA, que disponibilizam um portal no qual é possível verificar qual é o calendário de passagem dos próximos objetos do espaço.


Asteroides e outras rochas espaciais passam 'perto' da Terra praticamente o tempo todo, mas apenas alguns oferecem risco real de colisão no futuro. Hoje, mais de 2.000 objetos são constantemente monitorados pela NASA. Se um objeto de fato entrar em rota de colisão com a Terra, os equipamentos de monitoramento espacial devem identificar a trajetória com "muitos anos" de antecedência.


O que é um asteroide?


Apesar de serem parecidos com cometas, asteroides não possuem órbitas tão excêntricas. Existem várias classificações para os asteróides: os que estão próximos à Terra (NEAs), os presentes no Cinturão Principal, os troianos e os gregos (confinados nos pontos de lagrange de Júpiter), Objetos Centauros, Objetos Transnetunianos, entre outros. Esses corpos celestes pode chegar a ter centenas de quilômetros de diâmetro, bem como podem ter poucos metros. A maior parte dos asteroides estão entre as órbitas de Marte e Júpiter, região denominada de Cinturão de Asteroides. Saiba mais clicando aqui.




Fonte: CNN, Olhar Digital

647 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo