Buscar

ACUMULAÇÃO DE GRANIZO MIÚDO? ENTENDA O MOTIVO!

Muita gente deve ter se perguntado o porque de tanto granizo, porém todos de tamanho pequeno. A Conexão Geoclima explica.


O granizo se forma numa nuvem chamada Cumulonimbus (Cb), a nuvem de tempestade. Essa nuvem possui gelo nas partes altas e gotas de água muito pequenas na parte baixa. Dentro da Cumulonimbus há correntes de ar que sobem (corrente ascendente) e que descem (descendentes). Olhe para a figura abaixo enquanto a gente vai explicando.

Quando a gravidade faz o gelo cair para a parte de baixo da nuvem, as gotas de chuva vão “grudando” na pedra de gelo, congelando e aumentando o conjunto. Esse conjunto não tem peso suficiente para cair no chão e então as correntes ascendentes levam o conjunto para a parte alta da nuvem novamente.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O processo se repete várias vezes até o conjunto ter tamanho suficiente para vencer as correntes ascendentes e finalmente cair no chão.


O que aconteceu essa semana foram duas coisas:

  1. As correntes ascendentes não estavam muito intensas.

  2. A altura onde a água congela estava mais baixa, em torno de 1800 metros de altitude.


Com isso, o gelo que vinha da parte alta da nuvem conseguia vencer as correntes ascendentes sem precisar fazer as “viagens” dentro da nuvem e então caia pequeno no chão, pois não aglomerava tantas gotas de água da base da nuvem. O nível de congelamento mais baixo permitiu com que essa pedra de granizo chegasse íntegra até o chão.

132 visualizações
Mais Soluções - Corretora de Seguros
Mais Soluções - Corretora de Seguros

Conexão Geoclima © 2013 – 2020.

Todos os direitos reservados.