Buscar
  • Bianca Leroiz

TORNADOS E SEUS RECORDES - VAMOS CONHECER?

Atualizado: Jan 24

O GRANDE TORNADO DE 3 ESTADOS:


No dia 18 de Março de 1925, não haviam estudos sobre Tornados e nem equipamentos que documentassem os eventos. Por isso não havia alerta de tornados e nem avisos sobre tempo severo.


Um grande wedge (uma classificação de Tornados. Estes são os Tornados que possuem o diâmetro maior que a altura) de cerca 1,6 km (1 milha) de diâmetro, iniciou seu percurso no estado do Missouri, atravessou Illinois e se dissipou somente em Indiana.


O tornado com ventos superiores a 482 km/h (300 mph), foi classificado como um EF-5, que é a categoria mais forte da escala fujita, que medem o tamanho dos danos causados por Tornados. E causou 695 mortes e 2027 pessoas ficaram feridas. Até hoje o tornado com maior número de vítimas na história norte americana.

Foram percorridos 378 km de distância em 3 horas e 38 minutos. Sua velocidade de deslocamento média foi de 117 km/h (73 mph). Até 2014 o tornado com movimento mais rápido registrado.

(Imagem: Reprodução/Encyclopedia Britannica, Inc./Kenny Chimielewski)


O TORNADO COM VENTOS MAIS FORTES


Ninguém sabe qual foi a velocidade mais alta em um tornado. A velocidade dos ventos em um tornado só foi medida até hoje em suas zonas mais fracas, isso porque tornados fortes e violentos destroem qualquer tipo de instrumentos meteorológicos. No entanto, o radar Doppler sobre rodas ou Doppler sobre rodas, um radar móvel a bordo de um caminhão, remotamente registrou a velocidade sobre o solo de 485 km/h em um tornado no dia 3 de Maio de 1999 próximo a Bridge Creek, Oklahoma. É o vento mais forte já registrado na superfície da Terra. Este tornado registrou danos equivalentes a EF-5. Mas a maioria dos Tornados fortes e violentos, suas velocidades em solo nunca foram medidas diretamente.

Uma curiosidade sobre a escala fujita que medem a força dos tornados, é que é comum vermos tabelas de forças com base na velocidade dos ventos. Na verdade, a escala de um tornado é medida com base na destruição que eles causaram. Se um tornado supostamente tiver uma velocidade dos ventos alta e ocorrer em uma área que não cause danos significativos, sua classificação será baixa.


O TORNADO DE MOVIMENTO MAIS RÁPIDO REGISTRADO:

(Imagem: Reprodução/Encyclopedia Britannica)

(Imagem: Reprodução/Encyclopedia Britannica)


Foi em 2014 que registrou-se o Tornado mais rápido. Em Nebraska, no dia conhecido como "O dia dos gêmeos", múltiplos tornados se formaram, sendo 2 principais, primeiro atingindo a cidade de Pilger acompanhado por outro tornado semelhante a Leste. Por curiosidade, ambos os tornados tiveram velocidade semelhante e foram classificados como EF-4.


O tornado a Leste se dissipou, mas o principal de Pilger continuou seu caminho, sendo registrado por diversos caçadores enquanto perdia tamanho e um outro tornado se formava no mesmo sistema, conhecido como Tornado de Wakefield, também um EF-4. Um registro famoso foi do Pecos Hank que filmou enquanto o tornado de Pilger cruzava ao Sul do Tornado de Wakefield no momento em que uma descarga elétrica acontecia entre os 2.


Porém, com outros registros de caçadores mais próximos, após esse momento, foi possível perceber como o Tornado de Pilger ganhou velocidade de deslocamento antes de entrar na fase de dissipação.


O Tornado atingiu incríveis 145 km/h (90 mph), percorrendo aproximadamente 670 metros em 16,5 segundos.


Posteriormente, passando todos os dados, mostrou-se que o Tornado atingiu 152 km/h (94,6 mph) de deslocamento em dado momento. Até hoje o tornado mais rápido registrado.


INCRÍVEL REGISTRO DE VÓRTICE ATINGINDO ALTA VELOCIDADE E O MAIOR TORNADO DO MUNDO:


Outro registro importante sobre velocidade de deslocamento de Tornados, ocorreu no famoso 31 de Maio de 2013 em El Reno.

(Imagem: Reprodução/National Weather Service)

Com movimento variável, e incrível tamanho de 4,2 km (2,6 mph) de diâmetro, é mundialmente reconhecido como o maior tornado já registrado.


Mas o que não se fala muito a respeito, é que dentro do tornado, haviam múltiplos vórtices com comportamentos distintos um do outro. E em dado momento, com os muitos registros, foi possível detectar um dos vórtices se movendo a cerca de 281 km/h (175 mph).


Mas como vórtices em si não são considerados tornados e sim partes do tornado, não entrou na estatística como o tornado mais rápido registrado, apesar do movimento surreal do vórtice.


Com isso, o recorde de tornado com deslocamento mais rápido da história, é o de Pilger, Nebraska no dia 16 de Junho de 2014 com seus 152 km/h (96,4 mph).


Matéria elaborada por Iago Siqueira/Conexão GeoClima.


Fonte: NOAA

318 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Mais Soluções - Corretora de Seguros
Mais Soluções - Corretora de Seguros

Conexão Geoclima © 2013 – 2021.

Todos os direitos reservados.